.

.

terça-feira, 13 de janeiro de 2015

O NOVO PRESIDENTE DA CÂMARA DE IBICUÍ, LEGÁ ALVES, DEVE SEGUIR TRÊS PASSOS PARA FAZER UM BOM MANDATO.

Legá Alves.
Por: Leandro Bahiah. 
Imagem: Internet.

No dia (01), a nova Mesa Diretora tomou posse na Câmara Municipal de Ibicuí (BA), o novo presidente da casa é o vereador Legá Alves (PV). O mesmo deixou claro que irá aproximar o povo da Casa Legislativa, o que é uma atitude louvável, porém a realidade diz outra: As Sessões a partir agora serão realizadas as quartas-feiras, pela tarde às 14 horas com o único objetivo de afastar as pessoas das atividades legislativas. Quem teve esta brilhante ideia? Vai saber! O autor do projeto aberração que mudou o dia da sessão foi o vereador Manoel (PDT), de Água Doce. No dia que o projeto foi aprovado nem o autor esteve presente para defender o projeto – tamanho o absurdo!

É imprescindível que o novo presidente tome alguns cuidados para não cometer alguns desleixos iguais aos do seu antecessor, o vereador Onildo Júnior (PSD), que embora muito combativo, pecou, e os motivos foram analisado e publicado neste mesmo espaço. Legá Alves deve honrar este cargo que lhe foi confiado e somar idéias e forças em favor e no intento de defender a moralidade/legalidade e os cidadãos e cidadãs de Ibicuí que não querem ficar com suas bocas escancaradas esperando a morte chegar – como disse o poeta. Isso para quem tem apartamento.

O novo presidente deve assegurar o direito dos distritos terem sessões – o povo merece ser ouvido – e ter suas reivindicações atendidas. O nobre edil tem que colocar em pauta As Contas do ex-prefeito Cláudio Dourado (PTB) para serem votadas, é preciso que esta novela chegue ao fim – não importando o resultado. E por último e não menos importante, o presidente deve ser mais enérgico com os vereadores que faltam as sessões sem justificativas, ou seja, no fim do mês, os mesmos recebem os seus salários integralmente, e a população se sente lesada com toda razão. Os vereadores (as) faltosos têm que ser punido!

Legá Alves mais experiente no legislativo tem que agir ainda mais com zelo pela coisa pública, na dúvida, consulte a Assessoria Jurídica que ganha muito bem, diga-se de passagem. Não abra concessão nem para o executivo ou quaisquer que sejam, quando o assunto for: salários atrasados, Crianças sem estudar por falta de transporte ou pagamento, verbas federais que não atendam as prioridades previstas em Lei e outras questões mais graves que por ventura venha ocorrer, não pode ser negociado – devem-se acionar os Órgãos de controle e fiscalização como, por exemplo, MP – Ministério Público para que direitos não sejam desrespeitados.

Criticar é importante, entretanto, agir é mais importante. Criticar, xingar, esbravejar – Cansa! A população passa acreditar que aquilo tudo que acontece na Câmara – é Teatro – e faz parte, as pessoas passam acreditar que nenhuma ação concreta será tomada – nunca. O bom senso irá nortear o novo presidente que às vezes é acusado de ser influenciável, não acredito, contudo se for verdade, é bom se policiar e agir com a sua consciência. Porque o Homem é a sua própria consciência.

Percebe-se que o vereador Legá Alves é um jovem probo, coerente, combativo e que saberá honrar os jovens que vêem na política um meio de transformar o mundo – começando por Ibicuí. Já que é essencialmente esquecida por pessoas que em nome dos status e poder são capazes de vender as almas ao “encardido”.

É só da voz e vez – a quem não tem voz e vez, e se for fazer concessão faça quando o maior interessado for o povo. Seja firme com os seus pares! É difícil e constrangedor, mas é preciso. Origem humilde, pedreiro – do povo. Lembre-se que: “Para falar ao vento bastam palavras, para falar ao coração são necessárias obras”, disse Pe. Antônio Vieira. Chega de mandatos a desejar!
Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

terça-feira, 6 de janeiro de 2015

NO ANO DE 2014 A ASSOCIAÇÃO EMÍLIO GARRASTAZU MÉDICI EM IBITUPÃ RECEBEU DO GOVERNO FEDERAL MAIS DE VINTE E SEIS MIL REAIS.

Por: Leandro Bahiah. 
Arte: Pedro Henrique.

Passou os dias festivos como Natal e réveillon, e antes que venha o carnaval é necessário que se faça algumas prestações de contas, isso é da democracia e uma regra essencial para que se tenha uma boa administração e vale para todos, menos para o setor privado, que mesmo assim, declara o seu imposto de renda, ou seja, é uma prestação de contas. E o século XXI demandará por mais transparência na administração pública.
A Associação de Pais e Mestres do Prédio Escola Emílio Garrastazu Médici recebeu um total de R$ 26.836,24 vinte e seis mil e oitocentos e trinta e seis reais e vinte e quatro centavos, dinheiro público verba federal que veio através do PDDE – Programa Dinheiro Direto na Escola. Segundo o Site da Transparência da Presidência da República durante o ano de 2014 foram feitos três repasses: Abril - o repasse foi de R$ 3.420,00 três mil e quatrocentos e vinte reais, em Agosto – foram repassados cerca de R$ 22.104,24 vinte e dois mil e cento e quatro reais e vinte quatro centavos. Já em Setembro – o repasse foi menor de R$ 1.312,00 um mil e trezentos e doze reais. Totalizando um valor de R$ 26.836,24 vinte e seis mil e oitocentos e trinta e seis e vinte e quatro centavos.
A Diretora Leidiselma Assis deveria prestar conta no Blog das Escolas Municipais de Ibitupã. Se ainda tem dinheiro no caixa, onde foram gastos, quais a prioridades que a direção tomou – mostrando notas ficais. Não é uma desconfiança por parte do autor deste artigo, talvez as pessoas possam imaginar que os recursos não estão sendo gastos legalmente, não em absoluto. São os novos tempos! É a tal da transparência e quem se preza a ser um (a) administrador (a) não deve se furtar dela.
Existe outro dilema: - Não foi ainda informada para a sociedade ibitupaense a existência desta entidade denominada de Associação de Pais e Mestres do Prédio Escola Emílio Garrastazu Médici. Pode perguntar a qualquer professor (a) se sabe da existência desta associação – pouquíssimos sabem. E os pais? Muito menos. Ninguém sabe quem é o Presidente (a), o 1º Secretário (a), 1° Tesoureiro (a), os Conselheiros (as) Fiscais. Quem pode participar da entidade? Só professores (as) ou pessoas de outras áreas podem participar também como os pais, por exemplo? Qual será a próxima Assembléia Geral? São perguntas que devem ser respondidas. E a sociedade é merecedora destas informações. E que deve comprovar com certeza a lisura como a direção das Escolas Municipais de Ibitupã tem se portado diante da coisa pública, porque a direção é formada de pessoas idôneas como os vices-diretores e também na pessoa da Sra. Leidiselma Assis.
IN já cedeu o espaço para que a mesma se manifestasse que falem das expectativas e dos novos desafios para educação de 2015, quais serão os novos projetos, todavia a diretora recusou-se a dar entrevista, contudo, o espaço continua aberto para que a mesma expresse livremente suas opiniões. Mas o que nenhuma a autoridade pode negar é informação. E já esta na hora do povo saber.
Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

sábado, 3 de janeiro de 2015

O LEGADO - QUEM FOI O MELHOR ADMINISTRADOR DE IBITUPÃ?


ADALBERTO SAMPAIO, O BETO.
Por: Leandro Bahiah.
Imagem: Internet.

Examinando a recente História Administrativa de Ibitupã, deparam-se com os homens que fizeram muito pelo distrito. Homens administrativos que cuidou do distrito com zelo - que dedicou a sua vida para trabalhar pelo povo. São os Administradores. Aqueles que tem espírito de liderança, goza de certa importância e com isso passa ocupar o segundo maior cargo do distrito, o primeiro é o de vereador. É verdade. Assuntos administrativos os vereadores estão no meio atrapalhando e não se reserva ao papel que lhes competem que é o de fiscalizar e fazer leis.
Vou fazer um breve relato destes homens... Dignos de serem homenageados e de serem citados... Fazendo um esforço procurei alguns nomes na minha memória que ocuparam o cargo de administrador de Ibitupã. O primeiro é Futuca, trabalhou no primeiro mandato de Cláudio Dourado (1993 - 1996). É conhecido como um homem autoritário pelos seus ex-subordinados. Os funcionários da prefeitura não simpatizavam muito com Futuca, pela sua atitude exigente. "As ruas de Ibitupã andava um brinco", afirma uma simpatizante. No terceiro mandato de Cláudio Dourado ele pleteou o cargo, mas, o seu nome sofreu resistência e Bueiro fora o felizardo.
Em (1997 - 2000) o prefeito fora Tite, e o seu Administrador Ibitupaense, foi nada mais e nada menos do que Milton Nascimento de Souza, uma figura serena e sua administração não sofreu transtornos significativos. Um homem sério, que tinha nas coisas lícitas seu porto seguro. Atualmente mora em Iguaí. Deixou um importante legado na administração pública de Ibitupã.
(2001 - 2004) Adalberto Sampaio, o Beto administrou Ibitupã na gestão do prefeito Dário Peixoto (PFL o hoje DEM), fez um trabalho sem crise, procuro na memória episódio de crise e disavensa, contudo, não encontro. As dificuldades se deu devido a maioria dos ibitupaenses na época terem sido da oposição.
JUSCELINO AMARO, O BUEIRO
Entre (2005 - 2008) e (2009 - 2012) Cláudio Dourado (PL e PTB) assume a Prefeitura de Ibicuí, e o cara da vez foi, Juscelino Amaro da Silva, Bueiro. Sua administração foi caótica e cheios de transtornos, desde disavensas com subordinados. O mesmo viu no cargo, um impulso para candidatar-se a vereador, contudo o tiro saiu pela culatra. Entretanto deixou sua contribuição.
Tivemos também Egão como administrador no mandato de Cláudio Dourado, teve alguns episódios de insorbonização. Nada mais grave.
Adenilton Jesus Santos, o Aldene assumiu o cargo depois que Bueiro entregou o mesmo. A situação administrativa e política não era das melhores, todavia, Aldene superou as expectativas e ganhou elogios e muitos acreditam que foi um dos fatores que contribuiu para que o candidato de Cláudio Dourado não sofresse uma derrota ainda maior.
ADENILTON SANTOS, O ALDENE
Já em 2013 uma situação inédita: Dois administradores. Isso mesmo, Marcos Caetité e Edgama. Edgama cuidava da parte administrativa, assim, ficou evidenciado. Marcos foi um interesse do ex-prefeito Abel Cornélio (PDT) que acabara de assumir a Prefeitura M. de Ibicuí e para que as pessoas contrárias não sofressem perseguição, Caetité seria um homem de diálogo e de aproximação com outros grupos, ou seja, um homem de ligação. Administrador Político é o cargo de Caetité que só vem a Ibitupã em situações extremas.
Com a morte de Cornélio, Gilnay Santana (PTN) passa dirige a cidade de Ibicuí e mantém os dois nomes como administradores de Ibitupã. Porém, Edgama renunciou ao cargo, e Marcos continuou. Agora no cargo administrativo está Djalma Cardoso.
MARCOS CAETITÉ
Todos estes HOMENS tiveram acertos e erros, mas, deixou sua contribuição, seu trabalho, seu legado para o nosso distrito. Se faltou alguma informação que minha memória não conseguiu registrar, por favor, comente no post abaixo. Muito obrigado a estes homens que tiveram coragem de enfrentar as adversidades do seu tempo e assumiu um importante cargo. Agora são com vocês caros internautas. Dê sua opinião, para você quem foi o Melhor Administrador de Ibitupã? No momento Djalma Cardoso é o coordenador e Marcos Caetité é o administrador cargo que é ocupado desde o início de 2013. NÃO será permitido COMENTÁRIO com palavras de baixo calão, que exprima racismo ou qualquer outro tipo de descriminação.

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento Comercial: Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Edilene Bahiah, Jamilson Campos, Matheus Lima, Thaylana Santos e Werônica Rios.

quarta-feira, 31 de dezembro de 2014

ENFOQUE PERSONALIDADE - LUCIANO XIMENES.

Laiane, Acácio e Luciano.
Por: Leandro Bahiah.
Fotos: Pedro Henrique.

Procurei um assunto interessante para escrever, e me veio algo como política. Mas a política tanto local quanto nacional que hoje é praticada não está dando uma resposta positiva e a altura aos escândalos e também ao um sistema viciante e corrupto que há séculos impera no nosso país, por isso, não eram um assunto para tratarmos com leveza, uma vez que se trata de uma época importante do ano, ou seja, de dias festivos. Por alguns segundos deu em mim um branco, confesso. E pensei no povo de Ibitupã. E existe coisa melhor do que falar sobre o povo de Ibitupã? Então resolvi homenagear um personagem do povo, que trabalha, deseja melhorias para seu distrito, que ama e sofre como outra pessoa qualquer do planeta, uma pessoa dita comum.
Essa pessoa é Luciano Santana. Pode chamá-lo de Luciano Ximenes.  Ele também atende por Pacaré. Por que não Violeiro? Como seu Dum costuma denominá-lo. Filho de dona Tereza e do saudoso Benjamin. Pacaré é um flamenguista que divide a sua paixão com o Corinthians, também é fã da atriz Mariana Ximenes. O mesmo é pai do pequeno Acácio e esposo da Sra. Laiane. E irmão de Pily, Nega e Tiaín. Passa a maior parte do seu tempo na boa terrinha. Luciano é um exemplo de profissional a ser seguido, funcionário dedicado e que não faz corpo mole e nem tão pouco cara feia quando o assunto é trabalho, vale ressaltar que Luciano não trabalha para si, trabalha para o povo, isso mesmo, ele é funcionário público. Funcionário público? Por que o espanto? Sim. Pacaré é um dos servidores concursados da Prefeitura de Ibicuí, atualmente Luciano trabalha no setor de arborização e podas.
Obras de Luciano Ximenes.
Se existissem mais pessoas com a disposição para o trabalho como Luciano Ximenes, teríamos uma nova Ibitupã, mais bonita com certeza. Ximenes é exemplo não só para os seus colegas, mas para a prefeita Gilnay e para alguns vereadores da nossa cidade. Muitos o denominam de – Ó Crítico. Luciano é corajoso e verdadeiro, virtude que se devem prezar em qualquer pessoa. Certamente Pacaré será uma das figuras que ficarão para sempre como patrimônio de um povo trabalhador, ordeiro, criativo e autêntico. Criador de bordões como: “Gato do mês”, e “Príncipe”, Luciano é um contador nato de causos fantásticos.
Quando cheguei a Ibitupã em meados de 1997, Violeiro fora uma das primeiras pessoas que fiz amizade, por isso sou suspeito para falar sobre este ser humano humilde e solidário, pois sou seu amigo. Contudo terço estes comentários porque o mesmo é merecedor. Afirmo sem medo de errar: Luciano Ximenes já fez mais por Ibitupã do que muitas pessoas ditas “representantes” do povo. Parabéns Luciano Santana. E em nome dos ibitupaenses, desejamos a Ti, aos seus familiares e amigos, um – Feliz Ano Novo!
Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

terça-feira, 30 de dezembro de 2014

SERVIÇO DA SKY QUE É OFERECIDO PELA PREFEITURA DE IBICUÍ AOS IBITUPAENSES FOI SUSPENSO.

Por: Leandro Bahiah. 
Fotos: Pedro Henrique. 

Fonte confirma que o serviço da SKY que era oferecido aos ibitupaenses pela Prefeitura de Ibicuí fora suspenso. O serviço era oferecido na TV que fica na Praça J. Braga. O motivo do cancelamento ainda não foi explicado pela administração local, mas é provável que o motivo seja por falta de pagamento. Faz dois meses que o serviço foi suspenso, mesmo antes do dia 25 de Outubro. Objetivo no início era oferecer a população principalmente às pessoas mais carentes uma programação mais seletiva: com programas culturais, filmes, shows exclusivos, lutas tudo aquilo que é oferecido numa programação de canal fechado. De início todos se alegraram com idéia da proposta e por fim com a execução da mesma, todavia, passado alguns meses o serviço foi cancelado e depois alguns dias o serviço era normalizado.

Mas desta vez o serviço não foi normalizado e as pessoas amantes da boa programação procuram-nos na redação do IN para ter mais informações. Fica então a pergunta para qualquer pessoa responsável por este setor – Por que o serviço da SKY que era oferecido pela Prefeitura de Ibicuí foi cancelado? O que se espera é que o serviço volte a ser normalizado o quanto antes. Será legal oferecer aos visitantes que virão passar o fim de ano na Boa Terrinha, alguns serviços do poder público, apesar de tacanhos, entretanto isso ajudaria a vender uma imagem positiva aos nossos queridos conterrâneos. Gente que trabalhou o ano todo e que nas férias querem curte a família, os amigos e um lazerzinho. Quais os tipos de lazer que Ibitupã pode oferecer? Uma TV com SKY, um banho no Rio Novo, uma pelada nos finais de tarde. Este ano nem Circo apareceu em Ibitupã!

Aproveitando o ensejo os ibitupaenses fazem outra reivindicação – A compra de uma Antena moderna que proporcione aos mais humildes uma programação aberta mais democrática e inclusiva para os ibitupaenses. As pessoas que não tem o serviço da Sky e nem da Parabólica, tem apenas duas opções: SBT e GLOBO. Se um internauta que mora em outro Estado perguntar a qualquer pessoa que mora em Ibitupã e que o mesmo só disponha da programação aberta: - Quais são as principais notícias da Bahia? Ela não saberá responder, porque a programação de Ibitupã é toda voltada para Rio de Janeiro. Se você encontrar alguém falando carioquês. A probabilidade de esta pessoa morar em Ibitupã é de quase 85% (oitenta e cinco por cento). Muitas das vezes as pessoas se martirizam quando ver alguém renegando sua própria cultura. E isso se explica quando o poder público omite direito, e que no final faz uma grande diferença. Feliz Ano Novo!

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

quarta-feira, 24 de dezembro de 2014

NÃO EXISTE TEMPO RUIM PARA A SECRETÁRIA DE EDUCAÇÃO DE IBICUÍ

TEREZINHA BARBOSA.
Por: Leandro Bahiah.
Imagem: Internet.

Não há tempo ruim para Terezinha Barbosa. Esta afirmativa poderia soar como uma ironia. Poderia se não fosse verdade, a mais pura verdade. Terezinha é a que nós podemos chamar de “Jucá de Saia”, e perceba que não é um termo pejorativo, é uma das mais importantes virtudes quando se trata de um político típico brasileiro. Para que o internauta fique por dentro do que é Terezinha e Jucá é preciso que entre direto ao cerne da discussão.
Romero Jucá (PMDB/RR) é Senador da República pelo Estado de Roraima. Jucá que apesar de se envolver em sucessivos escândalos, o mesmo dar a volta por cima, e consegue importantíssimos cargos em tempos de escuridão no cenário político brasileiro. Todavia, Terezinha Barbosa não se envolve em escândalos, mas apesar do seu grupo político ter perdido uma eleição, Terezinha ressurgiu das cinzas como uma Fênix e abocanhou o cargo de Secretária de Educação. Que habilidade!
Para Terezinha Barbosa que até outro dia era Secretária de Educação do governo “Uma Cidade Mais Alegre”, não existe tempo ruim ou coisa do gênero; Para mesma só existe governo. E como sabe ser governo esta mulher! Por isso que a comparação com o senador Romero Jucá caiu como uma luva quando se trata da Secretária. Terezinha Barbosa fora o terror de certos professores (as). Existem professores (as) que não esconderam a insatisfação com a nomeação da “Juca de Saia” para a Secretaria de Educação, principalmente em Ibitupã. Os mesmos queriam mudança, uma vez que sofreram com o governo de Cláudio Dourado, onde Terezinha era uma defensora feroz do governo e Secretária de Educação. O que se pode compreender. Terezinha foi nomeada para a Secretaria de Educação e não para ser presidente da APLB, porém vai fazer o professor entender isso. E Terezinha Barbosa é uma mulher que sabe obedecer ao seu patrão.
A maioria dos professores votou na mudança e a mudança pela ironia da política foi Terezinha. Fazer o que? Quem manda em Ibicuí como diz um amigo meu – É Mamy Poderosa! Pode até existir alternância de poder em Ibicuí, contudo, os personagens são os mesmos. Não se sabe se foi coincidência, mas os professores não reclamavam quando Nilza de Bidú estava à frente da Secretaria de Educação, com Terezinha no comando até paralisação já fizeram.
Por que Terezinha Barbosa é hoje a Secretária de Educação? Ironia da política, competência da mesma ou fruto da amizade de Terezinha com a prefeita Gilnay Santana, ou seja, Ibicuí tem dessas coisas. Mamy no comando pra que mudança? Terezinha estar com tudo! E os insatisfeitos? Bem, estes em 2016 terão a oportunidade de mudar mais uma vez. Mas não duvido que em 2017 independentes de quem seja o gestor ou gestora terá como Secretária de Educação, Terezinha Barbosa. Resta agora desejar - Um Feliz Natal para Todos!
Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

segunda-feira, 22 de dezembro de 2014

MANDATO DE ONILDO JUNIOR COMO PRESIDENTE DA CÂMARA DE IBICUÍ DEIXA A DESEJAR.

ONILDO JR
Por: Leandro Bahiah & Pedro Henrique.
Imagem: Internet.

O mandado do Vereador Onildo Junior (PSD), como Presidente da Câmara de Ibicuí está chegando ao fim, e se permite algum comentário: - Um fim melancólico - Encerram-se mais um ano legislativo, e o balanço não traz nada de positivo, ou seja, nada de expressivo fora feito pela Casa do Povo para Povo de Ibicuí.
A única coisa positiva, se é que se pode ver isso como algo positivo, foi à disputa entre o Presidente da Casa e a Prefeita Gilnay Santana (PTN), disputa esta que acabou na justiça. No mais, sobrou retórica da oposição, defesa da situação e nada mais. Além de projetos bizarros como, por exemplo, que muda dia e à hora da Sessão da Câmara a partir de 2015 que retira o direito do povo de participar das sessões.
Mas três coisas contribuíram para que o mandato de Onildo Junior como Presidente da Câmara deixasse a desejar: Primeiro – negou o direito dos distritos de Ibitupã e Água Doce a ter pelo o menos uma Sessão da Câmara anualmente. Durante a presidência do Vereador Onildo Junior fora realizado nenhuma sessão nos distritos, o que se pode afirmar que o povo destas localidades foi desassistido. E o presidente tinha a obrigação de aproximar o povo da Casa do Povo e, principalmente de ouvir o povo. As pessoas destes distritos merecem uma justificativa plausível por parte do Vereador Onildo Junior.
Negou ao povo de Ibicuí de ver As Contas do governo do ex-prefeito Cláudio Dourado (PTB), de ser votada. Talvez Onildo Junior não queira ter na sua biografia a reprovação das Contas de um governo onde mesmo fazia parte da base de apoio. Por que reprovada? Existiam reais chances das contas de Cláudio Dourado ser reprovadas, e por isso, explica-se o fato das contas não serem colocadas em pautas para serem votadas.
Onildo Junior tem personalidade e deveria compreender que perder e ganhar faz parte. O que não faz parte é postergar algo relevante para o povo de Ibicuí que anseia e que quer ver logo o fim desta novela. Todavia, como Onildo Junior cobrou fidelidade dos políticos de Ibicuí durante uma Sessão da Câmara, talvez esteja aí à explicação para que o mesmo não colocasse as Contas de Cláudio Dourado em votação, ou seja, gratidão política ao ex-prefeito.
A terceira – o presidente foi tolerante com os vereadores faltosos. Os vereadores quase sempre da situação falta coletivamente as Sessões da Câmara e não sofrem nenhum tipo de punição. O Presidente da Câmara a partir de 2015 que pelo o que tudo indica será o Vereador Legá Alves (PV) deverá está atento a esta questão. O que acontece com um trabalhador que se ausenta ao trabalho e não justifica a sua falta? Certamente será punido, principalmente no bolso, ou seja, descontando do seu salário. Caso seja reincidente, poderá ser demitido por justa causa. Com os vereadores de Ibicuí não acontece nada. No fim do mês recebe integralmente os seus salários. O povo que paga os vossos salários merece respeito vereadores! O Vereador Onildo Junior deveria ser mais enérgico com esta questão. O interessante que as faltas são coletivas! O que acontece? Os Vereadores estão fazendo greve ou pegaram o ebola coletivamente? O povo de Ibicuí gostaria de saber a justificativa dada por estes vereadores faltosos.
É por esta e outras que o mandato do vereador Onildo Junior como Presidente da Câmara deixou a desejar e vai terminar com um fim melancólico. Sem querer a presidência de Onildo Junior acabou usurpando direitos e aceitando o inaceitável como, por exemplo, faltas de vereadores não justificadas e sem nenhuma punição.
Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios.