.

.

sexta-feira, 22 de maio de 2015

FOI FUNDADA EM IBITUPÃ A ASSOCIAÇÃO CULTURAL E ESPORTIVA DOS MORADORES DE IBITUPÃ - ACEMI.


Por: Pedro Henrique. 
Fotos: Edilene Bahiah. 

Nesta terça (19), reuniram-se um grupo de pessoas influentes da comunidade ibitupaenses no Salão Paroquial da Igreja São Roque, e objetivo foi conseguido. Fundar a Associação Cultural e Esportiva dos Moradores de Ibitupã – ACEMI. A entidade tem por finalidade apoiar e desenvolver ações para defesa, elevação e manutenção da qualidade de vida do ser humano e promover a inclusão social, cultural, esportiva, a paz, a cidadania, os direitos humanos e a democracia. "Viver bem, é viver em comunidade", disse o esportista Bruno Amaro Pires. Apesar de algumas ausências por motivos justificados o intento foi conquistado com êxito.
Estiveram presentes personalidades como Gilbete Braga, Vilma Bispo, Edilene Bahiah, Eric Viana, Vanderlei Barreto, Jailton Gomes, Elizangela Pereira, Amauri Leão, Adenilson de Oliveira, Priscila Roberto, Marcio Lima, Bruno Amaro, Macsuel Santana, Iaquita Leão, Alex de Jesus, Alisson da Silva e Leandro Bahiah. O Estatuto foi aprovado, e a Diretoria Executiva tomou posse, agora estar faltando apenas o registro da Associação, porém é questão de tempo. No momento as pessoas que estavam presentes falaram das problemáticas que afligem o distrito, e o desejo dos mesmos de trabalhar em prol da comunidade. O presidente eleito da entidade fora Adenilson de Oliveira Santos: "Todos sabem o que querem, e nosso objetivo será trabalhar em prol de Ibitupã e dos Ibitupaenses", disse Amauri Leão.

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

quarta-feira, 20 de maio de 2015

PORQUE AS COISAS EM IBICUÍ NÃO ANDAM, PELO MENOS PARA FRENTE. [Parte 01] DESABAFA O JOVEM IBICUIENSE, SILLAS PRADO VASCONCELOS

Por: Sillas Prado Vasconcelos. 
Foto: Sillas Prado Vasconcelos.

Preocupado com a presente situação em que encontra o município de Ibicuí e munícipes, resolvi buscar compreender, se é que é possível, quais motivos levam a nossa cidade a multiplicação de sanguessugas atrelados a política, mas não só a ela, que cada vez mais nos cercam e assombram, com uma ou outra válvula de escape, ou seria de salvação - nem tanto, mas de um mínimo zelo - para que avistemos um futuro na nossa cidade que seja de prosperidade.
A cidade chegou num momento muito delicado, onde um político que administrou (ou melhor, ganhou a eleição) por algumas vezes, sendo duas vezes consecutivas e deixou por pelo menos 06 meses os funcionários públicos SEM o salário, não por falta de dinheiro, pois havia dinheiro em caixa, mas porque será? Não sei, mas agora não vem totalmente ao caso, o que vem ao caso é que ainda existem pessoas que clamam pela volta de um político desse, será que por tudo que ele fez? Então lhe pergunto:
- E o que ele fez? Ponto final!
Nesta quinta-feira (21) poderemos dar um passo importante para o futuro da nossa cidade eliminando parte desses sanguessugas. Haverá, na Câmara de Vereadores de Ibicuí, a votação das contas do ex-prefeito, onde existe uma situação em que os nove vereadores votarão para aprovar ou reprovar, onde sendo aprovada por 2/3 (seis vereadores) ele estará limpo perante o município e podendo assim ser novamente candidato a prefeito.
Mas, entretanto, se as contas forem reprovadas desse mal não morreremos mais nos próximos 8 anos.
Existem boatos que o ex-prefeito tem a “simpatia” e “a-preço” da maioria necessária dos vereadores, tendo com isso as contas aprovadas.
Podemos mudar essa situação nos fazendo presente na Câmara de Vereadores pressionando assim os senhores e senhoras vereadores para que possamos dar um primeiro passo, por menor que seja será um passo PARA FRENTE! Sillas do Prado Vasconcelos, ibicuiense e cidadão.

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

segunda-feira, 18 de maio de 2015

A PREFEITA DE IBICUÍ GILNAY SANTANA ENTRE A CRUZ E A ESPADA.

PODEM ESTAR MAIS JUNTOS DO QUE NUNCA.
Por: Fábio Kallil.
Imagens: Internet.

CONTA (2011) DE CLÁUDIO DOURADO SERÁ JULGADA NESTA QUINTA (21) EM SESSÃO DA CÂMARA DE IBICUÍ.

A atual prefeita de Ibicuí, a nobilíssima senhora Gilnay Santana (PTN), vive um dilema: aprovar ou não aprovar as contas do ex-prefeito Cláudio Dourado (PTB). E a prefeita tem o poder – literalmente. Isso acontece porque a prefeita tem uma maioria expressiva de vereadores lhe dando sustentação política. Como foi abordado em um outro artigo escrito por Pedro Henrique que analisou, e pode concluir que a prefeita tem 6 (seis) dos nove vereadores.
Segundo os analistas de plantão, Cláudio Dourado já teria aprovação de três vereadores: Onildo Jr (PSD) e Eduardo (PTB), ou seja, ambos participaram do governo UMA CIDADE MAIS ALEGRE e consequentemente deve a Cláudio Dourado uma fidelidade – gratidão política. Já a vereadora Neormisia (PTB) acreditam alguns é voto certo, haja vista, que a vereadora é cria de Cláudio e o sucesso para sua acessão na política ibicuiense fora graças ao governo de Cláudio e também da boa gestão da "Tia dos Pobres" Gilnay Santana, que a época era Secretária de Saúde, já que o título de "Mãe dos Pobres" ficou com Silvinha, esposa do ex-prefeito Cláudio.
O que preocupa alguns é um possível acordo entre Gilnay Santana e Cláudio. Gilnay aprova as contas de Cláudio e em troca sai candidata à reeleição com a "Mãe dos Pobres na Vice". Mas será que Cláudio vai cumprir com a palavra? Alguns pensam que ninguém deva dar veracidade as palavras de político, e Cláudio pode aparecer como o “Salvador da Pátria” lesada. A prefeita no ano passado disse que não seria candidata à reeleição, mas é evidente que ninguém quer largar o osso e seu filho Rony pode entrar no páreo.
ENTRE A CRUZ E A ESPADA.
Projeções e especulações a parte, a sociedade de Ibicuí assiste tudo isso inerte, apático e o seu único movimento é fofocar nas esquinas da vida, para ver os desdobramentos, já pensando não tomar o lado errado para obter resultados que os convenham no futuro que será em 2017. Ninguém ver um protesto contra ou a favor das contas do ex-prefeito, que deixou trabalhadores passando fome no final do seu mandato e quebrando o comércio local, que Salvador é este?
Uma das contas será posta em votação na próxima sessão da Câmara de Ibicuí que ocorrerá às 14 horas, na quinta (21/05). Pena que com este horário ninguém possa participar – uma vez que os mesmos encontram-se trabalhando, enquanto o destino da cidade está entregue nas mãos dos nossos digníssimos representes que sem sofrer pressão são capazes da mais tresloucadas atitudes. “Político tem medo de povo nas ruas”, já dizia o saudoso e político Ulisses Guimarães. Mas de uma coisa tenhamos certeza o resultado sendo pela aprovação ou não das contas do ex-prefeito Cláudio Dourado, servirá para provar a teoria do poeta Robyssão, ex-vocalista da Black Style.
Isso não é o papel de um Cristão e nem tão pouco de seres politizados e com senso de justiça apurado, assistir tudo inerte. Que Deus nos ajude!"Abre a tua boca a favor do que não tem voz, pela causa de todos os fracos.", Pr 31,8.

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

quinta-feira, 14 de maio de 2015

CARTA ABERTA DE DESABAFO DE TAINARA SANTOS.

Tainara Santos.
Carta: Tainara Santos. 
Fotos: Pedro Henrique.

Recebemos uma carta de desabafo da internauta Tainara Santos, a mesma faz uma série de reivindicações e cobra de imediato a limpeza do esgoto situado ao lado da sua residência na travessa da Avenida São Roque. A equipe do IN esteve na casa de Tainara Santos para ouvi-la, contudo, um funcionário da prefeitura já encontrava-se no local limpando o matagal do esgoto, porém, Tainara Santos quer que a prefeitura der uma solução definitiva, porque quando chove, a água do esgoto invade sua casa, causando uma série de prejuízos e problemas de saúde. Veja a Carta aberta da internauta:

CARTA ABERTA DE DESABAFO.

Ibitupã, 14 de Maio de 2015.

Olá,

Meu nome é Tainara Santos, tenho 22 dois anos e moro em Ibitupã-Bahia. Desde o ano de 1993 e hoje já estou no ano de 2015 e cada ano venho acompanhado a situação da população de Ibitupã e vejo que cada ano surge vários problemas fora os problemas antigos já existentes. Não sou deputada, não sou prefeita e muito menos vereadora (sou simplesmente uma pessoa humilde que se vê na obrigação de reivindicar seus direitos como todo cidadão do bem).
Direitos esses que deveriam ser cumprido pelos responsáveis que comanda o nosso distrito e nada faz. (Com exceção há alguns que até tem o sonho de transformar Ibitupã em um lugar melhor, mais não tem recurso financeiro para que isso aconteça). Vou tentar mostrar com esta carta que Ibitupã desde o ano em que eu nasci até hoje, passa por um verdadeiro caos.
Falaram de um tal projeto de água tratada (mais até hoje não sai do papel); Tem um Posto de Saúde (mais muitas das vezes falta medicamentos e carro para levar idosos e doentes que não conseguem ir andando até o PSF); Temos água encanada do Rio Novo e ainda assim tem ruas que ficam de 15 a 25 dias sem água; Na escola muitas vezes liberam os alunos mais cedo por falta de água; A água da escola também é do rio, e mesmo sem tratamento é servida aos alunos no bebedouro; Se colocar no microscópico – desmaiamos de susto, pois tem tanta larvas, bactérias e microrganismos, só para ter uma ideia em Ibitupã tem várias pessoas com casos de verminoses causada pela água que a população ingere diariamente. E o esgoto de Ibitupã parece um matagal, olha aí!
Tem um lixão que afeta a população cheio de ratos, baratas e até urubus (referindo-se ao lixo que fica no fim da Avenida São Roque). Não temos transporte para ir em Ibicuí (sede). Em Ibitupã tem um tal projeto de instalar uma torre de celular, essa até que sabemos porque não instalou para não ligamos para rádios e programas de televisão colocando a “boca no trombone” como dizem. Em Ibitupã a coisa está feia e ainda assim somos um Povo Guerreiro! Não desistimos nunca!
Não esperamos ganhar nada por isso, só ficamos felizes por ter compartilhado essa mensagem e dado voz ao nosso sofrimento. Obrigado a todos os que contribuirão e que compartilhará essa minha manifestação.

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios.

terça-feira, 12 de maio de 2015

O PSOL DE IBICUÍ ESTUDA POSSIBILIDADE DE ENTRAR NA JUSTIÇA PARA ALTERAR O HORÁRIO DAS SESSÕES NA CÂMARA DE VEREADORES.

Por: Adenilson de Oliveira. 
Foto: Pedro Henrique. 

O presidente Interino do PSOL de Ibicuí, o Senhor Leandro Santos da Silva protocolou junto a Secretaria da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Ibicuí (BA), um Ofício no dia 30 de Abril de 2015, e que fora lido pela Secretária da Câmara no plenário em sessão realizada nesta quinta (07). O documento solicitava a alteração do horário da sessão para às 20:00 horas. O partido do PSOL de Ibicuí entende que uma sessão às 14:00 horas, é uma violação a participação dos cidadãos e cidadãs na tribuna popular, e consequentemente nas sessões. O argumento está baseado no Artigo 147 e parágrafo 2º do Regimento Interno da Casa. O partido acredita assim que a atual postura da realização das sessões às 14:00 horas fere o Regimento Interno da Câmara. “O Partido do PSOL tomará todas as medidas cabíveis para que os cidadãos e cidadãs de Ibicuí sejam respeitados e tenham os seus direitos de participarem das sessões garantidos”, declarou ao IN nesta terça (12), o Secretário Geral do partido em Ibicuí, Senhor Bruno Amaro Pires. Caso a solicitação não for atendida, o partido estuda a possibilidade de entrar na Justiça para alterar o horário das sessões. O PSOL acredita que uma sessão à tarde não pode contar com a participação das pessoas que estão trabalhando neste momento. 

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

domingo, 10 de maio de 2015

DEPOSITAR LIXO NA FAZENDA RECREIO FICOU 16,66% MAIS CARO, DIZ VEREADOR.

MARCOS CAETITÉ.
Por: Leandro Bahiah.
Imagem: Internet.

A Prefeitura de Ibicuí reajustou o contrato com a Fazenda Recreio, segundo o vereador Legá Alves (PV), e atual presidente da Câmara, o aumento fora de 16,66%. Neste ano, a Prefeitura Municipal irá desembolsar por mês cerca de R$ 2.333,33 (dois mil e trezentos e trinta e três reais e trinta e três centavos). A Fazenda Recreio serve o local para o deposito de lixo doméstico de Ibitupã. Em 2014, o valor pago pela Prefeitura de Ibicuí pelo mesmo serviço foi de R$ 2.000,00 (dois mil reais) por mês.
O internauta pode encontrar esta e outras informações no Portal Ibicuí datada do dia 11/02/2015. “Isso é enxugar a máquina?”, indagou o vereador Legá Alves.  E o motivo do aumento do valor do contrato de locação? Bla-bla-bla. Um dos donos da Fazenda Recreio é o atual Administrador de Ibitupã, Sr. Marcos Caetité.
Marcos Caetité sofreu algumas críticas por ausentar-se muito do distrito, enquanto, o trabalho pesado fica com o seu Secretário Djalma Cardoso, pelo o menos é que se apregoam, porém dizem alguns que Marcos Caetité tem visitado o distrito constantemente - o que já é grande coisa. 
No mais, têm aqueles que vêem no reajuste do contrato uma espécie de compensação da prefeita Gilnay Santana (PTN) para com o CONTRATADO, haja vista, que segundo comentários a Prefeitura de Ibicuí deve ainda a Fazenda Recreio aproximadamente de R$ 4.000,00 (quatro mil reais) a R$ 6.000,00 (seis mil reais), referentes aos serviços prestados em relação ao ano de 2014.

Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. Colaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios. 

segunda-feira, 4 de maio de 2015

É GOLEADA! OPOSIÇÃO 3 X 6 TRABALHO E COMPROMISSO.

CAROL 
Por: Pedro Henrique.
Imagem: Internet.

O prefeito ou a prefeita do Brasil que esteja penando sem a maioria na Câmara municipal, eles estão sofrendo porque querem, estes gestores municipais tem que tomar aulas com a prefeita de Ibicuí, a Sra. Gilnay Santana (PTN). Esta senhora tem um poder de convencimento extraordinário! A presidenta Dilma Rousseff deveria chamar a prefeita para poder ajudá-la na relação com o legislativo (Congresso Nacional). Gilnay seria uma ótima ministra de relações institucionais.
A Senhora Gilnay deveria dar consultoria para os prefeitos (as) que estão passando por ar puro. A aula deveria comportar didaticamente em um Livro de grosso volume intitulado:COMO CONQUISTAR UM VEREADOR. É mais um talento da prefeita de Ibicuí que alguns desconheciam. A mesma só peca quando o negocio é governar o município. Ibitupã distrito de Ibicuí está jogado as traças.
A vereadora Carolina Nascimento Alves (PTC) foi eleita com 322 votos, ou seja, 3,67% dos votos válidos. Carol foi eleita pela situação, mas, por algum motivo tornou-se opositora. Seu discurso inflamado contra os desgovernos Trabalho e Compromisso. Entretanto a vereadora autodenominava-se (vereadora independente). Agora, segundo os analistas de plantão, Carol é situação. Carol deve ter ouvido a prefeita que tem o Canto das Sereias, encantou com as propostas de “melhorias” para Ibicuí, e que para sua governabilidade, a vereadora seria muito importante para colocar suas boas intenções em dias para o bem de Ibicuí, é claro.
A prefeita já levou o vereador Eduardo de Água Doce que se elegeu pela oposição. Cadê coerência? Gilnay levou-o para o seu time, e agora, levou a nobre Carol. Como a prefeita conseguiu esta façanha? Apenas com o seu discurso! Para ter gente no seu time não é preciso ceder secretarias, benesses, cargos e muito menos dinheiro. Em Ibicuí não existe o Bolsa Vereador como entre muitos lugares deste imenso Brasil. Existe diálogo com a oposição, por isso, que Dilma sofre. Gilnay não. Daqui para o fim do ano muita coisa pode acontecer, e muito vereador coerente e independente poderá transitar pela situação, afinal, para que coerência? O placar de momento é OPOSIÇÃO 3 X 6 TRABALHO E COMPROMISSO.
Diretor-presidente: Pericles Kinho. Edição: Adenilson Kbça e Leandro Bahiah. Direção de Arte: Pedro Henrique. Produção/Departamento : Amauri Leão. Direção de Marketing: Abel Meira. DiretorColaboração: Jamilson Campos, Matheus Lima e Werônica Rios.